Classificação e Laboratório de Análise
de Serviços Padronizados Ltda. - EPP

Legislação

Lei da Classificação

O Serviço de Classificação Vegetal tem como finalidade dar cumprimento a Lei Federal n.º 9972 de 25 de maio de 2000, regulamentada pelo Decreto n.º 6.268 de 22 de novembro de 2007.

Esta Lei tornou a classificação obrigatória para os produtos vegetais, seus subprodutos e resíduos de valor econômico:

I - quando destinados diretamente à alimentação humana;
II - nas operações de compra e venda do Poder Público; e
III - nos portos, aeroportos e postos de fronteiras, quando da importação.

Maiores informações sobre a Legislação da classificação vegetal, pesquise no site: www.agricultura.gov.br

Acreditação n° CRL 1387 – Escopo e Certificado

Escopo - Download em PDF

Certificado - Download em PDF

PRODUTOS HABILITADOS

A CLASP está atualmente habilitada a classificar os seguintes produtos:

Abacaxi, Algodão em pluma, Alho, Amendoim, Alpiste, Arroz, Batata, Canjica de milho, Cebola, Ervilha, Farelo de soja, Farinha de trigo, Feijão, Girassol, Kiwi, Lentilha, Maçã, Malte de cevada, Milho, Milho de pipoca, Óleos vegetais ( Óleo de canola, Óleo de milho, Óleo de girassol, Óleo de algodão, Óleo de soja ), Pêra, Produtos amiláceos derivados da raiz da mandioca ( Farinha de mandioca, Fécula, Sagú artificial ), Soja, Sorgo, Tomate, Trigo e Uva (Fina de mesa e uva rústica ).



A segurança alimentar deve ser uma preocupação constante das empresas que prezam pela satisfação do cliente