Classificação e Laboratório de Análise
de Serviços Padronizados Ltda. - EPP

Armazenagem não acompanha o crescimento da safra

22/03/2016

Segundo vice-presidente da Kepler Weber, empresa líder no segmento, setor sofreu “freada brutal” nos últimos dois ciclos.

O atual nível de negócios em armazenagem é totalmente incompatível com o tamanho da safra brasileira de grãos, avaliou na manhã desta terça, dia 22, o vice-presidente da Kepler Weber, Olivier Colas, durante teleconferência com analistas sobre os resultados da companhia no quarto trimestre de 2015 e no acumulado do ano passado. A empresa é líder no setor de armazenagem de grãos.

Colas lembrou que, entre 2012 e 2014, o mercado de armazenagem de grãos mais que duplicou, sustentado essencialmente por estímulos do governo federal que previa, por meio do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), R$ 5 bilhões anuais para financiamento de aquisição de silos a taxas subsidiadas, assim como o financiamento das obras civis necessárias à instalação dos silos.

Com a redução dos recursos entre os ciclos 2014/2015 e 2015/2016, de R$ 3,5 bilhões para R$ 2 bilhões, o setor viveu uma “freada brutal”, disse Colas. “A safra 2015/2016 é muito maior que a de 2011/2012, mas a demanda por silos diminuiu. No entanto, com a baixa dos preços das commodities, o custo Brasil aparece com mais intensidade. Ou a gente ataca isso ou a cadeia agrícola vai perder competitividade no mercado externo", declarou o executivo.

Fonte: Canal Rural