Classificação e Laboratório de Análise
de Serviços Padronizados Ltda. - EPP

WSJ - Bayer herdaria lucro da Monsanto e também polêmica dos transgênicos

23/05/2016

A oferta de US$ 62 bilhões da Bayer AG para comprar a americana Monsanto Co., se concretizada, vai colocar a farmacêutica alemã no centro do lucrativo, mas socialmente polêmico, setor de produtos agrícolas geneticamente modificados ao mesmo tempo em que ela enxuga sua área de cuidados com a saúde.

"Sediada em St. Louis, no Estado do Missouri, a Monsanto é líder no seu setor, desenvolvendo e licenciando genes para outros fabricantes de sementes, num mercado que movimenta bilhões de dólares por ano e que transformou a agricultura em alguns países. Mas a empresa está às voltas com desafios comerciais e regulatórios.

Numa iniciativa que poderia rearranjar o setor de pesticidas e sementes, a Bayer, cuja sede fica na cidade alemã de Leverkusen, fez uma oferta de aquisição pela Monsanto, anunciaram as duas empresas na quarta-feira passada. A oferta, de US$ 62 bilhões em dinheiro, foi oficializada nesta segunda-feira pelo diretor-presidente da farmacêutica, Werner Baumann, durante coletiva de imprensa. O conselho de administração da Monsanto está analisando a proposta, mas não é certo que o negócio será fechado. Alguns analistas veem a Monsanto, que tem um valor de mercado de US$ 44 bilhões, como um alvo muito pesado para as finanças da Bayer.

(...) No Brasil, as sementes geneticamente modificadas estavam presentes em 93% das plantações de soja, 82% de milho e 66% de algodão em 2014, segundo o Serviço Internacional para Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA)."

Fonte: The Wall Street Journal